terça-feira, 22 de março de 2011







Tudo começa com minha resistência a abrir os olhos . minhas pálpebras fechadas eram como telas contendo cenas de um sonho . eu não queria acordar , porque acordar me desligaria daquilo que eu mais queria , e me traria de volta a realidade medíocre . não posso generalizar . minha realidade só é ruim quando não me vejo em você . acho que tenho medo de lidar comigo mesmo , não gosto daquilo quesou , ou melhor , me tornei . minhas escolhas me encaminharam para o que me tornei hoje . não apenas as certas , mas principalmente as erradas . e cada escolha errada devorou um pedaço da minha personalidade que eu não queriaperder . eu não sou apenas escolhas minhas , sou escolhas de pessoas que entraram na minha vida também , porque precisei mudar por elas . essa foi uma escolha minha : Mudar . mas nem sempre fui assim . eu já fui muito pior . não conseguia lidar com minha individualidade . eu não queria me dividir . na verdade , eu nem gostava de escrever . escrevia coisas babacas que ninguém entendia , coisas assim nada muito brilhante , mas era como conversar comigo mesma , e começar a me entender . as pessoas bagunçam minha vida com suas opiniões e tentativas de me moldar à sua necessidades . Meu Eu de verdade nunca foi bom o bastante , e com o tempo percebi que ele foi se alterando para atender as necessidades alheias . descobri que não sei quem sou , porque não sou apenas eu . complicado , não é ? mas a explicação é o seguinte : eu possuo partes de cada pessoa que entrou na minha vida . então sou como um quebra-cabeça , em que cada peça pertence a alguém … pois quando você ama alguém não se importa se essa pessoa te ama ou não , se ela te quer ou não . você continua aamando mesmo sofrendo !!

Nenhum comentário:

Postar um comentário